WhatsApp começa a pedir biometria para acessar versão web

Usuários do WhatsApp agora contam com mais segurança na hora de acessar a versão web. O mensageiro começou a liberar, nesta quinta-feira (28), a solicitação de biometria no celular antes de ler o QR Code para configurar o WhatsApp Web em um novo computador ou navegador.

WhatsApp começa a solicitar biometria para liberar acesso à versão web (Imagem: Reprodução/WhatsApp/Instagram)

WhatsApp começa a solicitar biometria para liberar acesso à versão web (Imagem: Reprodução/WhatsApp/Instagram)

WhatsApp solicita biometria para acessar versão web

A barreira de segurança visa garantir mais proteção aos usuários. Ao credenciar um dispositivo para a versão web, o mensageiro irá solicitar a autenticação biométrica do usuário através do leitor de impressões digitais ou pelo Face ID (iPhone). Somente depois desse processo será possível ler o código QR para liberar o acesso.

Para utilizar o novo recurso, não é preciso realizar uma configuração prévia, pois a trava é ativada por padrão e utiliza as informações biométricas já cadastradas anteriormente no smartphone. Em uma publicação no Instagram, o mensageiro explicou que “não vê seus dados de rosto ou impressão digital”.

Esta não é a primeira vez que o mensageiro utiliza este tipo de autenticação para proteger o aplicativo de mensagens de invasores em potencial. Além da versão web, o usuário ainda pode configurar a impressão digital ou o reconhecimento facial para bloquear e desbloquear o acesso ao app pelo telefone.

A função de segurança para acessar o WhatsApp Web começou a ser liberada nesta quinta-feira (28), mas nem todos os usuários possuem acesso à novidade até o momento.

Com informações: Android Authority e Engadget