SpaceX quer colocar antenas da Starlink em veículos, aviões e navios

A SpaceX está com mais um plano ambicioso: a empresa de Elon Musk estuda levar internet rápida da rede Starlink para veículos grandes, aviões e navios. Na sexta-feira passada, a companhia solicitou permissão à Comissão Federal de Comunicações, órgão equivalente à Anatel, para iniciar o negócio de banda larga por satélite para veículos.

SpaceX quer colocar antenas da Starlink em veículos, aviões e navios (Imagem: Hanson Lu/Unsplash)

SpaceX quer colocar antenas da Starlink em veículos, aviões e navios (Imagem: Hanson Lu/Unsplash)

A solicitação descreve o projeto como Estações Terrestres em Movimento (ESIMs) e, inicialmente, deu a entender que as antenas da Starlink poderiam ser instaladas tanto em carros menores (de passeio) como em veículos maiores. No entanto, Musk esclareceu que isso ainda é inviável, até mesmo em carros da Tesla, pois “nosso terminal é muito grande. Isso é para aeronaves, navios, grandes caminhões e veículos recreativos”, disse.

O The Verge lembra que, embora Musk tenha descartado levar as antenas Starlink para modelos da Tesla devido ao tamanho/projeto, o executivo chegou a aprovar a ideia em janeiro de 2020 durante uma reunião com investidores: “certamente é algo que pode acontecer nos próximos anos”, disse ele.

A SpaceX diz à Comissão Federal de Comunicações que “os usuários não estão mais dispostos a abrir mão da conectividade enquanto estão em trânsito, seja dirigindo um caminhão pelo país, movendo um cargueiro da Europa para um porto dos Estados Unidos ou durante um voo doméstico ou internacional”.

Antena da Starlink (Imagem: Divulgação/SpaceX)

Antena da Starlink (Imagem: Divulgação/SpaceX)

Antenas da Starlink para veículos em movimento

A SpaceX, no entanto, não informou precisamente nem compartilhou o design da antena que será instalada nos veículos, mas indica que usará parabólica. A empresa diz que os equipamentos caberiam facilmente em navios, caminhões e que “instaladores qualificados” podem realizar a instalação.

Os ESIMs do Serviço SpaceX são eletricamente idênticos aos seus terminais de usuário de consumidor previamente autorizados, mas têm montagens que permitem que sejam instalados em veículos, embarcações e aeronaves, que são adequados para esses ambientes.

SpaceX à Comissão Federal de Comunicações

Com informações: Ars Technica