Sony promete lançar PS5 na China em meio à falta de estoque

A Sony anunciou planos para lançar o PS5 na China continental no segundo trimestre deste ano, até junho, com bloqueio de região para o modo online do console e jogos em geral. A informação foi confirmada por executivos da Sony Entertainment de Xangai, em um vídeo comemorando o ano novo chinês.

PS5 (Imagem: Dennis Cortés/Unsplash)

PS5 chega à China ainda neste semestre (Imagem: Dennis Cortés/Unsplash)

De acordo com Daniel Ahmad, analista de mercado especializado em regiões asiáticas, jogadores chineses que têm o PS5 importam o console do Japão ou Estados Unidos, ainda que com preços mais altos do que o normal.

Ele lembra também que o PS4 foi lançado em março de 2015 na China – o console saiu originalmente em novembro de 2013, por isso o lançamento do PS5 ocorrerá de maneira mais rápida por lá, em comparação ao antecessor.

PS5 segue sem estoque

Curiosamente, o lançamento chinês é prometido ao mesmo tempo em que o PS5 está sem estoque no mundo todo, inclusive no Brasil. O aparelho chega a aparecer em novas pré-vendas por aqui, mas com promessa de entrega para até dois meses seguintes.

Nos EUA e Europa, os compradores enfrentam mercado paralelos, com pessoas que compram em lotes para revender mais caro, em seguida. No Japão o console segue totalmente esgotado, sem previsão de retorno.

O mais provável é que o estoque do PS5 seja normalizado apenas após junho, por conta de uma série de fatores, mas em especial por causa da pandemia do novo coronavírus.

Com informações: Eurogamer.