Snapdragon 888 perde para iPhone 12 e 11 em benchmarks

A Qualcomm revelou os primeiros benchmarks do Snapdragon 888, processador que estará nos celulares high-end com Android em 2021, e o desempenho impressiona em relação aos antecessores. No entanto, ele ainda fica atrás dos chips Apple A13 e A14 presentes no iPhone 11 e 12, respectivamente.

Snapdragon 888 5G (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

Performance de CPU do Snapdragon 888

A comparação vem do AnandTech, que recebeu os resultados de benchmark da própria Qualcomm com base em um dispositivo de referência. Normalmente a empresa convida sites especializados para uma análise presencial, algo descartado devido à pandemia da COVID-19.

No Geekbench 5, que reflete o desempenho geral da CPU, o Snapdragon 888 conseguiu uma pontuação 23,5% maior que seu antecessor (Snapdragon 865) nos testes de um núcleo. Isso está bem próximo do que a Qualcomm prometeu — uma alta de 25% na performance. Quanto ao teste multi-core, a melhora é de 16,9% se comparado à geração passada.

Isso não foi o suficiente para ultrapassar o iPhone 12, que tem pontuações mais altas nos benchmarks de um núcleo e de todos os núcleos.

Geekbench 5 (Imagem: Reprodução/Anandtech)

Geekbench 5 (Imagem: Reprodução/AnandTech)

Desempenho gráfico do Snapdragon 888 (GPU)

Quanto aos testes do chip gráfico, o Snapdragon 888 foi 55% mais rápido que o Snapdragon 865; a Qualcomm disse que a GPU Adreno 660 daria 35% mais desempenho. Esse salto pode ter acontecido graças ao suporte à memória LPDDR5-6400 mais veloz.

No entanto, o novo chip acaba perdendo para o iPhone 12, 11 e até para o iPhone SE de 2020. O teste GFXBench em questão é off-screen, ou seja, feito em uma região da memória que não depende da resolução de tela; trata-se da performance bruta.

GFXBench (Imagem: Reprodução/Anandtech)

GFXBench (Imagem: Reprodução/AnandTech)

O Snapdragon 888 impressiona nos testes de inteligência artificial: ele atinge quase 3 vezes a pontuação do Snapdragon 865+ nos benchmarks. O AnandTech acredita que a maior melhoria em desempenho virá do processador Hexagon 780 dedicado a IA. Aqui, não há números para comparações com a Apple.

A CPU do Snapdragon 888 é composta por um núcleo Kryo 680 de até 2,84 GHz, o primeiro baseado na arquitetura ARM Cortex-X1; três núcleos Cortex-A78 de até 2,4 GHz; e quatro núcleos Cortex-A55 de 1,8 GHz para tarefas menos exigentes.

Hoje, a Samsung convidou a imprensa para um evento em 12 de janeiro, primeiro dia da feira CES, onde ela vai revelar seu próximo processador Exynos. Muito provavelmente será o Exynos 2100, que deve vir no Galaxy S21 vendido no Brasil.

#Exynos_is_backA whole new Exynos is coming.January 12th, 2021. pic.twitter.com/d85kT9Xvru

— Samsung Exynos (@SamsungExynos) December 18, 2020