PS5 é alvo de robôs cambistas e lojas online tentam reagir

Consumidores em busca do novo PlayStation 5 têm encontrado dificuldades para conseguir achar estoques do console da Sony. O motivo? Robôs cambistas, desenvolvidos para comprar rapidamente os produtos com o objetivo de revendê-los posteriormente por um preço mais alto, estão se espalhando pela web.

PlayStation 5 (Imagem: Vivi Werneck/Tecnoblog)

De acordo com a Reuters, os bots miram produtos com alta demanda em sites de varejo, como o Walmart e o Facebook Marketplace.

No início da pandemia, esses softwares faziam o mesmo como papel higiênico e desinfetantes – itens que, em alguns lugares, acabaram sumindo das prateleiras em razão do desespero provocado pela COVID-19. Os robôs não respeitaram nem a filas preferenciais, comprando produtos no lugar de idosos em quarentena.

Como ainda não são ilegais, eles se tornaram populares nos últimos meses – é possível comprar acesso temporário aos softwares por cerca de US$ 10 a US$ 20.

Cambistas lucram ao vender consoles com preço mais alto

Ao acabar com os estoques de produtos em grandes lojas, os cambistas conseguem inflacionar o preço dos produtos, obtendo lucro em cima dos consumidores mais desesperados.

No Brasil, os estoques de revendedores oficiais também esgotou – com nova safra prometida apenas para o final de dezembro. Enquanto isso, o mercado cinza exibe opções por até R$ 11 mil.

Diversos varejistas estão buscando formas de conter a prática reforçando medidas de segurança. Algumas lojas também estão ampliando estoques para compensar a ação.

O Walmart, por exemplo, desenvolveu uma ferramenta para detectar e bloquear os bots. Somente nos primeiros 30 minutos de venda do console, a varejista bloqueou mais de 20 milhões de tentativas de compras feitas de robôs cambistas.

No entanto, nem todas as solicitações são identificadas – a ferramenta britânica do grupo CrepChiefNotify, uma dessas que possibilitam a detecção da reposição de estoque e automatização da compra de produtos em lojas online, afirmou que seus clientes compraram mais de 6 mil unidades de PS5 e Xbox nos últimos dias.

Com informações: Reuters