Maior gestora de criptomoedas do mundo bate recorde diário de captação

A Grayscale, a maior gestora de criptoativos do mundo, bateu seu recorde diário de valor investido nesta última sexta-feira (15), captando cerca de US$ 700 milhões. O CEO do fundo de criptomoedas, Michel Sonneschein, afirmou que a empresa apresentou neste ano uma alta na demanda de ativos digitais, em especial de bitcoin (BTC) e das chamadas altcoins (moedas digitais alternativas).

Criptomoedas (imagem:WorldSpectrum/Pixabay)

Criptomoedas (imagem:WorldSpectrum/Pixabay)

O novo recorde é antecipado. Somente no quarto trimestre do ano passado, a Grayscale arrecadou mais de US$ 3,3 bilhões com criptoativos. Em publicação oficial, a empresa aponta que o perfil de investidores é composto em 93% por instituições, e não por pessoas físicas. Além disso, o fundo de bitcoin (BTC) da empresa é atualmente o maior do mundo, com 610.000 unidades, o que equivale a aproximadamente US$ 22 bilhões.

“Ontem, a Grayscale arrecadou mais de U$$ 700 milhões com sua família de produtos, o ímpeto do quarto trimestre parece estar ganhando velocidade neste novo ano… também foi a nossa maior captação diária em ativos de todos os tempos”, publicou Sonnenshein no Twitter.

Yesterday, @Grayscale raised north of $700 million into its family of products…momentum from Q4 seems to picking up speed into the new year.

If you haven’t checked out our 4Q20 report yet: https://t.co/SwqBKwvO1S

— Michael Sonnenshein (@Sonnenshein) January 16, 2021

Valor em criptomoedas no fundo Grayscale sobe 1.000%

Enquanto isso, o valor total do montante em criptomoedas atualmente administrado pela Grayscale é de US$ 27 bilhões. Ao decorrer do ano passado, a empresa viu um aumento de aproximadamente 1.000% na capitalização total de seus criptoativos.

O fundo começou 2020 administrando cerca de US$ 2 bilhões em ativos digitais. Já em dezembro do ano passado, esse valor saltou para mais de US$ 20 bilhões. Há dois grandes fatores para essa movimentação ascendente: o primeiro é a entrada de mais investidores institucionais no mercado de criptoativos juntamente com a maior demanda pelo bitcoin e outras criptomoedas em todo o mundo. Já o segundo é a consequente valorização dessas moedas e das chamadas altcoins.

Volume de altcoins dispara em 2021

O bitcoin abriu 2020 na casa dos US$ 8 mil, e terminou o ano valendo US$ 29 mil. Outras criptomoedas vêm acompanhando essa alta, como a Ethereum (ETH) e a Ripple (XRP), dois dos principais produtos cripto oferecidos pela Grayscale na época.

Os volumes de algumas altcoins também aumentaram nas últimas semanas. A Grayscale registrou a entrada de 9.000 Litecoins (LTC) e 1.000 Bitcoin Cash (BCH) desde o começo deste ano de 2021. Quanto ao bitcoin, foram 10.000 adicionados ao fundo nesse mesmo período.

Com informações: Finance Magnates