Headset Bluetooth Intelbras Focus Style: o gadget do home office

Nota Final 7.7 Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A brasileira Intelbras é muito conhecida por seus dispositivos de segurança, comunicação, casa inteligente e de redes. Entretanto, a empresa também investe em outros segmentos e o Focus Style é um exemplo disso. O novo headset chegou ao mercado em dezembro do ano passado com um estilo diferente e preço sugerido de R$ 399.

O Focus Style tem como destaque o design compacto e minimalista, bateria que garante até 16 horas de reprodução e cancelamento de ruído passivo. Vale investir neste headset? Eu testei o produto da Intelbras e conto as minhas impressões neste review.

Análise do Intelbras Focus Style em vídeo

https://youtu.be/LXXMBHc1cYM

Aviso de ética

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente de tecnologia, que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra, desde 2005. Nossas análises de produtos são opinativas e não possuem nenhuma intenção publicitária. Por isso, sempre destacamos de forma transparente os pontos positivos e negativos de cada produto.

Nenhuma empresa, fabricante ou loja pagou ao Tecnoblog para produzir este conteúdo. Nossos reviews não são revisados nem aprovados por agentes externos. O Intelbras Focus Style foi fornecido pela Intelbras por doação. O produto será usado em conteúdos futuros e não será devolvido à empresa.

Design e conforto

Em vez de adotar um visual mais contemporâneo no estilo do JBL TUNE 500BT ou do Edifier W800BT, por exemplo, a Intelbras projetou um headset compacto e com uma pegada retrô. Apesar do design diferente, a construção é muito firme e passa uma sensação de robustez e de durabilidade devido ao metal presente em quase todo o produto.

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O arco ganhou outro material que imita couro e reforça essa impressão de produto sofisticado. A concha direita abriga o botão de liga/desliga, também utilizado para atender ligações, dar play/pause em músicas ou para acionar assistentes virtuais ao clicar duas vezes. Ali ainda estão os controles de volume, uma conexão micro USB para alimentação e uma entrada auxiliar P2.

O headset pesa 485 gramas e usá-lo no dia a dia pode ser um tanto desconfortável: existe, sim, uma pressão interna significativa e, mesmo com o ajuste do arco, eu não consegui ter uma boa usabilidade. Me pareceu que esse “problema” está relacionado ao ajuste lateral que é limitado.

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Por isso, eu evitaria usar o Focus Style por muitas horas seguidas com reprodução de filmes, em reuniões longas ou em uma caminhada. Diferentemente de outros modelos mais completos, ele não traz um estojo para transporte; na caixa, você só recebe o cabo de alimentação e outro de áudio auxiliar P2.

Qualidade de som, cancelamento de ruído e bateria

Antes de falar da qualidade sonora, é importante reforçar que a Intelbras não disponibilizou nenhum aplicativo para equalizar e aproveitar outros recursos. O legal é que, além do Bluetooth disponível, existe a vantagem de ouvir músicas ou assistir filmes através do cabo P2 removível. Então, essa versatilidade é muito positiva.

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A proposta do Focus Style deve agradar uma boa parcela dos consumidores que não buscam por um headset completo. Ele não promete som cristalino, é possível notar algumas distorções, principalmente quando o volume está no máximo, mas gostei dos graves presentes e equilibrados.

Em simultâneo, os médios se mostraram mais presentes e os vocais são claros, o que gera uma experiência sonora ainda mais ativa, isso no pop. No rock, a situação fica ainda mais intensa, porque o fone consegue ressaltar os instrumentos e, ao mesmo tempo, dá ênfase no vocal, o que me fez ter uma sensação mais imersiva.

Já eletrônicas seguem nessa direção e também são reproduzidas com vigor. Entretanto, esse impacto, que também pode definir o headset da Intelbras, prejudica canções acústicas que ficam chocantes, valorizando mais as batidas, além de gerar ruídos.

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Quanto ao cancelamento de ruído passivo, que a empresa destaca, ele realmente funciona, ainda mais porque o headset pressionou tanto as minhas orelhas que até o som que estava sendo reproduzido em um Amazon Echo com o volume no 4 sumiu quando conectei o Focus Style no celular.

Em resumo, para o dia a dia a experiência pode ser satisfatória, já que o gadget isola bem o barulho de carros, ônibus e até de ambulância, como aconteceu durante a avaliação do produto.

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Quanto às chamadas telefônicas, senti que a conversa só fica nítida em locais silenciosos, porque o microfone é um pouco limitado deixando a conversa baixa e não há uma tecnologia para impedir ruídos externos. A situação foi parecida com áudios no WhatsApp.

Sobre a autonomia, o fone apresentou um resultado excelente. Conectado a um iPhone 12 para tocar música ininterruptamente, o Focus Style ficou ativo por mais de 8 horas e, no fim do dia, ainda sobraram 70%. A empresa afirma que uma carga de 120 minutos garante até 16 horas de reprodução. Ou seja, eu ainda tinha mais 8 horas de bateria para o dia seguinte. Espetacular!

Intelbras Focus Style: vale a pena?

O Focus Style é um fone acessível, versátil e tem uma qualidade sonora satisfatória que pode agradar consumidores básicos. Isso também significa que, sim, pode valer o investimento, mas é importante considerar algumas limitações e problemas pontuais. No meu caso, o ajuste limitado foi o que mais me incomodou, sendo responsável por gerar dores devido à pressão e é por isso que eu jamais usaria o produto por horas seguidas. É bom lembrar que essa foi a minha experiência com o headset e com você a situação pode ser outra.

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A Intelbras classifica o Focus Style como um headset corporativo e, de fato, em um momento em que muitas pessoas estão em casa trabalhando e estudando online, o gadget se mostra muito útil com essas atividades. Você pode conectá-lo facilmente em qualquer dispositivo, controlar o volume no próprio fone e até acionar assistentes virtuais, incluindo a Cortana no Windows. Além disso, se a bateria descarregar, é possível utilizar o cabo P2 para não paralisar uma reunião.

Ainda assim, senti falta de uma certificação de proteção contra água e suor. E o Bluetooth 4.1 em um produto de 2020 não me animou muito e toda sua limitação é sentida na prática.

Olhando a concorrência, o JBL TUNE 500BT é uma opção interessante e mais acessível. O seu formato, que é semelhante ao do Sony ZX110, um fone baratinho que uso no dia a dia, é muito mais confortável. Por falar na companhia japonesa, eles têm no mercado o WH-CH510, que também é barato e promete 35 horas de bateria. Portanto, opções variadas não faltam para você escolher.

Headset Bluetooth Intelbras Focus Style

Prós

  • Qualidade sonora interessante para a categoria
  • Possibilidade de usar cabo ou Bluetooth é um acerto
  • Autonomia de bateria é excelente

Contras

  • Pressão pode gerar desconforto
  • Bluetooth poderia ser ao menos 5.0
  • Sem proteção contra água
  • Som mais encorpado pode estragar canções acústicas

Nota Final 7.7 Design 8 Bateria 9 Conectividade 8 Conforto 7 Graves 8 Médios 8 Agudos 7 Isolamento 7 Recursos 7

Focus StyleIntelbras