Bradesco permite fazer login no Gov.br usando conta do banco

O Bradesco é o primeiro banco privado a se integrar ao portal Gov.br para que clientes possam fazer login sem realizar um novo cadastro. A ideia é facilitar o acesso, mas o processo pode ser meio complicado. A instituição ressalta que só compartilha seu nome e CPF com o governo federal, não seus dados financeiros.

Gov.br tem opção de login pelo Bradesco (Imagem: Reprodução)

O portal Gov.br, lançado em 2019, reúne mais de 2.400 serviços digitais, incluindo a Carteira de Trabalho Digital e a Carteira Digital de Trânsito (CNH digital). Clientes do Banco do Brasil podiam fazer login com a própria conta desde abril; o Banrisul oferece a mesma integração desde novembro.

“Os clientes do Bradesco agora não precisam memorizar novos login e senha ou, ainda, fazer cadastros adicionais para acessar todos os serviços disponibilizados pelo governo”, diz Caio Mario Paes de Andrade, secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, em comunicado.

Como usar conta do Bradesco no Gov.br

Existem diversas opções de login no Gov.br: além do tradicional CPF e senha, é possível usar um certificado digital, certificado digital em nuvem ou a conta do Banco do Brasil, Banrisul e Bradesco.

Ao escolher a opção Bradesco, você é levado para uma página do banco que avisa: “o site Gov.br quer acessar algumas informações de seu perfil; para aceitar, clique em Continuar”. Então, ele pede sua agência e conta.

Se tudo der certo — eu me deparei com uma mensagem de erro na primeira vez — vai aparecer um QR Code. Esta é a hora de pegar o celular, abrir o app do Bradesco, tocar em Chave de segurança, fazer login e escolher a opção Validação Digital.

Bradesco usa QR Code para validação digital (Imagem: Reprodução)

Bradesco usa QR Code para validação digital (Imagem: Reprodução)

Você aponta a câmera para o QR Code e digita a sequência de oito dígitos que aparece na tela. Por segurança, também será necessário inserir a senha de quatro dígitos do cartão.

Então aparece este aviso: “ao clicar em Autorizar, os dados abaixo serão compartilhados com o site Gov.br — Nome completo, CPF”. Você precisa clicar em “Termos de uso” e rolar até o final para ativar o botão “Li e concordo”. Clique em Autorizar; é possível revogar a autorização de acesso para o Gov.br a qualquer momento através do internet banking.

Como fazer login no Gov.br com conta do Bradesco

O processo é meio complicado, e não é só no primeiro acesso. Para fazer login das próximas vezes, ainda é necessário seguir estes passos:

  • no seu computador, visite o site gov.br e clique em Entrar;
  • clique em Bradesco, insira sua agência e conta e clique em Continuar para que um QR Code apareça na tela;
  • no seu celular, abra o app do Bradesco e toque em Chave de segurança;
  • faça login, escolha a opção Validação Digital e escaneie o QR Code;
  • de volta ao computador, insira os oito dígitos exibidos pelo app;
  • insira também a senha de quatro dígitos do cartão;
  • clique em Continuar para fazer login.
  • Tudo isso é necessário para garantir que os dados pessoais dos clientes — no caso, nome completo e CPF — não sejam usados de forma indevida.

    Criar um cadastro no gov.br não tão fácil quanto abrir um perfil no Facebook, por exemplo, como forma de garantir mais segurança: uma das opções envolve usar um app para validação biométrica. É possível usar o CPF, mas você terá que responder a algumas perguntas bem específicas para confirmar sua identidade.

    No entanto, uma vez criado o login, é bem mais fácil só inserir a senha — em vez de ir do PC ao celular e de volta ao PC para se autenticar no banco.