Blizzard explica por que vai reembolsar skin Zarya Alien de Overwatch

A Blizzard avisou, nesta quinta-feira (11), que vai permitir o reembolso da skin Zarya Alien em Overwatch. O visual foi criado para homenagear Jay “Sinatraa” Won, eleito MVP da Overwatch League em 2019. Segundo a empresa, a decisão foi tomada após o pro player ter sido acusado de abuso sexual pela ex-namorada Cleo “cle0h” Hernandez. Ainda não há informações sobre como pedir o dinheiro de volta.

Skin Zarya Alien poderá ser reembolsada em Overwatch (Imagem: Divulgação/Blizzard)

Skin Zarya Alien poderá ser reembolsada em Overwatch (Imagem: Divulgação/Blizzard)

A skin Zarya Alien ficou disponível na loja do Overwatch entre 16 e 30 de junho de 2020 por 200 Fichas da Liga Overwatch. Os jogadores podiam ganhar essas fichas assistindo às transmissões ao vivo do torneio ou comprando diretamente pela Battle.net por R$ 39,90.

O reembolso da skin, porém, valerá apenas para as fichas gastas, ou seja, não será possível recuperar o dinheiro real. Os jogadores que solicitarem o estorno vão receber 200 fichas e terão a skin retirada da conta.

Caso o jogador não peça o reembolso, o visual vai continuar no perfil. Contudo, a Blizzard informou que vai remover os símbolos da Overwatch League e de MVP da skins em um atualização futura.

O San Francisco Shock, time do qual Won fazia parte na Overwatch League, postou um comunicado no Twitter dizendo que condena o comportamento do jogador e que ele não faz mais parte da organização.

Jay

Jay “Sinatraa” Won foi acusado de abuso sexual pela ex-namorada (Imagem: Divulgação/Overwatch League)

Entenda o caso de Sinatraa

Na última terça-feira (9), Cleo Hernandez relatou nas redes sociais que sofreu diversos abusos enquanto namorava com Won. Segundo Cleo, ela era forçada a ter relações sexuais mesmo quando não queria.

O post ainda inclui prints com mensagens trocadas entre os dois. Em uma conversa, Won pedia para Cleo enviar a localização dela. Mesmo dizendo que estava no trabalho, o jogador a acusava de estar mentindo e ameaçava terminar o relacionamento.

Em 2020, Won deixou de jogar a Overwatch League para competir nos torneios de Valorant pelo time Sentinels. A Riot Games e a administração da Sentinels suspenderam o pro player até a conclusão do caso. Won negou as acusações e disse que pretende cooperar com as investigações.

Com informações: Forbes, DotEsports, Gamerant.