App Robinhood limita transações com GameStop após alta de 2.000%

As ações da GameStop subiram quase 2.000% este ano estimuladas por investidores individuais que se organizaram por meio da comunidade r/WallStreetBets no Reddit. Apps de corretoras como Robinhood estão tentando pôr um fim nisso, bloqueando transações que envolvam a empresa – mas agora se tornaram alvo de possíveis investigações nos EUA.

GameStop (Imagem: Mike Mozart/Flickr)

GameStop (Imagem: Mike Mozart/Flickr)

Para recapitular: usuários do Reddit se uniram em um esforço coordenado para valorizar as ações da GameStop, que são alvo de short sellers – isto é, de investidores que apostam na queda do preço. Parte do apelo era afetar instituições financeiras maiores, e eles conseguiram.

Só hoje, as ações da GameStop despencaram de US$ 469 para US$ 132, até se normalizarem em US$ 230. Isso resulta em um valor de mercado de US$ 16,2 bilhões para a varejista de jogos, mais que a Ubisoft (US$ 12,5 bilhões) e Square Enix (US$ 7,3 bilhões).

Robinhood restringe transações

Toda a situação colocou em destaque o Robinhood, aplicativo de home broker bastante conhecido nos EUA por não cobrar taxas sobre transações no mercado financeiro. A plataforma comunicou nesta quinta-feira (28) que, devido à “volatilidade recente”, restringiu a compra de ações e opções da GameStop, BlackBerry, Nokia e outras companhias. (Só é possível vendê-las para desfazer a posição.)

Robinhood (Imagem: Divulgação)

Robinhood (Imagem: Divulgação)

A resposta veio rápido: o app recebeu uma avalanche de notas baixas na App Store e no Google Play. Na loja do Android, já são mais de 100 mil resenhas negativas com uma estrela. Alguns recomendaram migrar para alternativas como E*Trade e Cash App.

O moderador do r/WallStreetBets diz: “investidores individuais estão sendo privados de sua capacidade de negociar no Robinhood; enquanto isso, os fundos de hedge e os investidores institucionais podem continuar a negociar normalmente”.

Congressistas querem investigação nos EUA

A deputada federal Alexandria Ocasio-Cortez, conhecida pela sigla AOC, apoia que a Câmara realize uma audiência com o Robinhood para explicar o que aconteceu; ela faz parte do Comitê de Serviços Financeiros. “É curioso ver pessoas de Wall Street com um longo histórico de tratar nossa economia como um cassino reclamarem sobre uma comunidade que também trata o mercado como um cassino”, diz a democrata no Twitter.

O senador republicano Ted Cruz apoiou a iniciativa de AOC, dizendo que “concorda plenamente”. A deputada diz que uma investigação não ficaria limitada somente ao Robinhood, e se estenderia para outros apps de home broker. A TD Ameritrade e a Webull também restringiram transações envolvendo a GameStop.

A deputada Rashida Tlaib também se pronunciou a favor de um inquérito, acusando o Robinhood de manipulação de mercado. “Eles estão bloqueando a capacidade de negociação para proteger os fundos de hedge de Wall Street, roubando milhões de dólares de seus usuários para proteger pessoas que usaram o mercado de ações como um cassino por décadas”.

Os altos e baixos da ação da GameStop (Imagem: Reprodução / Google)

Os altos e baixos da ação da GameStop (Imagem: Reprodução / Google)