Amazon AWS oferece instâncias do Mac Mini na nuvem

A Amazon usou a conferência re:Invent para um anúncio inusitado, mas bem-vindo: a partir de agora, desenvolvedores poderão acessar instâncias completas do Mac Mini na nuvem da Amazon Web Services (AWS) ou, para ser mais preciso, na estrutura da Amazon Elastic Compute Cloud (EC2).

Apple Mac Mini (imagem: Business Wire)

O público-alvo da novidade está, de fato, nos desenvolvedores. A ideia é permitir que eles possam testar ou desenvolver aplicativos para o ecossistema da Apple (como macOS, iPhone, Apple TV e Safari) em um ambiente remoto, mas real para esse fim.

Nesse sentido, o EC2 Mac, como a instância foi batizada, pode ser útil para uma equipe de desenvolvimento que tem acesso a um número baixo de Macs para testes, por exemplo. Ou para um programador que, em uma emergência, faz o seu trabalho em um computador rodando outro sistema operacional.

Emergência porque o serviço não é exatamente barato, portanto, convém moderar o uso. O custo é de US$ 1,083 por hora, com cobrança tarifada por segundo de uso. Isso significa que, para ter acesso a um Mac Mini por dia inteiro, por exemplo, é necessário desembolsar quase US$ 26.

Em compensação, o usuário acessa um Mac Mini real ao contratar o serviço. O EC2 Mac não virtualiza nenhum recurso. Ao TechCrunch, David Brown, vice-presidente de EC2 da AWS, destaca também que as unidades do Mac Mini disponibilizadas na plataforma não sofreram nenhum tipo de modificação, a não ser pela desativação do Wi-Fi e do Bluetooth.

AWS (imagem: Tony Webster/Flickr)

AWS (imagem: Tony Webster/Flickr)

Por ora, o serviço é todo baseado em unidades do Mac Mini equipadas com processador Intel Core i7 e 32 GB de RAM. Além disso, apenas o macOS Mojave (10.14) e o macOS Catalina (10.15) são suportados.

Mas o Mac Mini com chip M1 e sistema macOS Big Sur já é realidade. Por causa disso, a Amazon pretende disponibilizar essa opção em breve — provavelmente, no início de 2021.